» Fernandes Pinheiro

HISTÓRIA 

A denominação Fernandes Pinheiro originou-se do nome dado à Estação Ferroviária, em homenagem a um dos diretores da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande do Sul, engenheiro Antonio Augusto Fernandes Pinheiro.
Seu primeiro nome foi Imbituvinha.
Era parada de tropeiros que vinham do Sul. Há registros de que em 1899, a povoação foi elevada a distrito policial do Município de Santo Antonio de Imbituva, passando, em 1907, a integrar o município de Irati. Durante a construção da Estrada de Ferro, o povoado passou a pertencer à cidade Imbituva, à qual era ligada por estrada de rodagem.
Em 1917, passou a integrar o município de Teixeira Soares, ano em que este se emancipou de Entre Rios. Nessa época, a Estação de Fernandes Pinheiro era importante centro comercial e industrial, de onde partiam deligências para Imbituva, Prudentópolis e Guarapuava, provenientes da Capital do Estado. De pesquisa realizada com antigos moradores, constata-se que, em Fernandes Pinheiro, havia grandes serrarias, posto de gasolina, banco, açougues, ferraria, padaria, sapataria, hotés, pensão, clubes, cinemas e outra diversões, alfaiataria e costureiras, cartório, fábrica de café, moinho de milho, correio, luz elétrica, telefone, casas comerciais, sorveterias, barbearia, escola, igrejas, médico e dentista. Em 10 de Dezembro de 1995, realizou-se em Fernandes Pinheiro, o plebiscito para emancipação, vindo a ser criado o Município de Fernandes Pinheiro.
Este trabalho foi realizado através de reuniões em comunidades do interior e sede, com a particpação de políticos, pessoas influentes e que conheciam a realidade local.
Foi publicada em Diário Oficial em 28 de Dezembro de 1995, Lei Estadual nº 11.266, de 21 de Dezembro de 1995.
A primeira eleição do município de Fernandes Pinheiro aconteceu em 03 de Outubro de 1996, elegendo seu primeiro Prefeito e Vereadores.

Fonte: Prefeitura Municipal de Fernandes Pinheiro http://www.fernandespinheiro.pr.gov.br/