» Irati

História

Até a época da declaração da guerra, no ano de 1865, era pleno sertão o território do atual município de Irati . Logo após a declaração da guerra, foi decretado o recrutamento da Guarda Nacional e das tropas de primeira linha. Diversas famílias, temerosas de serem atingidas pelo recrutamento, se refugiaram no sertão, dando origem à formação de pequeno povoado, que recebeu a denominação de Covàzinho ou Covalzinho.
 
Mais tarde, em 1899, o coronel Francisco de Paula Pires e o Sr. Emílio Batista Gomes adquiriram vasta área de terras na localidade, fixaram-se em plena mata virgem para lançarem os fundamentos da futura cidade de Irati. Naquela época, a região se constituía área territorial do município de Santo Antônio de Imbituva, mais tarde simplesmente lmbituva.

O primeiro projeto de sua localização era o da Vila de São João, conhecida presentemente pela denominação de Irati Velho, e situada em lugar alto, plano, pitoresco e aprazível, com a aspiração de ser, futuramente, servida pelos trilhos da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande, o que, entretanto, não aconteceu, uma vez que, ao ser construída, aquela ferrovia foi desviada da vila marginando as colinas para atingir o Covalzinho, sendo então inaugurada a Estação Ferroviária e Telegráfica, com a denominação de Estação de Irati.
Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Irati pela Lei Municipal de 25-02-1903, subordinado ao município de Santo Antônio de Imbituva.
 
Elevado à categoria de vila com a denominação de Irati pela Lei Estadual n.º 716, de 02-04- 1907, sendo desmembrado de Santo Antônio de Imbituva. Sede na antiga povoação de Irati. Constituído do distrito sede. Instalada em 15-06-1907. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído do distrito sede. 

Elevado à condição de cidade com a denominação de Irati pela Lei Estadual n.º 2.464, de 02-04-1929. Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933. 

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937 o município aparece constituído de 4 distritos: Irati, Barra Mansa, Bom Retiro e Itapará. 

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 7.573, de 20-10-1938, o distrito de Barra Mansa tomou a denominação de Gonçalves Junior. 

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 199, 30-12-1943, o distrito de Bom Retiro tomou o nome de Guamirim. 

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 4 distritos: Irati, Gonçalves Junior, Guamirim e Itapará. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.


Fonte
Irati (PR). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1959. v. 31. p. 257-261. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_31.pdf. Acesso em: ago. 2015.