» Rebouças

História

Data do século XVII as primeiras penetrações nas terras do atual Município, levadas a efeito por bandeirantes paulistas. Essas expedições, que desbravaram a região sul do Paraná em demanda dos Campos de Palmas, tinham como objetivo a exploração do ouro que diziam existir em grande quantidade no morro Biturona onde as lendas da época situavam riquezas maravilhosas. 

Rebouças é o produto dessas expedições, através dos primeiros povoadores dos Campos de Palmas. 
A povoação teve início no lugar conhecido por Butiazal e por volta de 1902 foi transferida para o local onde hoje se encontra edificada, com denominação de Rio Azul. Ficou sob a jurisdição do têrmo de São João do Triunfo, então integrando a comarca de Palmeira. 

Entre os anos de 1902 e 1904, quando as pontas de trilhos da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande Railway (hoje Rede de Viação Paraná-Santa Catarina) atingiram as proximidades de Rio Azul, o distrito passou a denominar-se Antônio Rebouças, em homenagem ao engenheiro orientador dos trabalhos de construção da ferrovia. 

O Município surgiu a 31 de março de 1930, ainda sob a denominação de Antônio Rebouças, que conservou até 1943, quando teve seu nome simplificado para Rebuças, apenas. 

Formação Administrativo 

O Distrito foi criado sob a designação de Rio Azul, pela Lei municipal de 15 de abril de 1902. A Lei estadual n.° 2.268, de 26 de março de 1924, mudou seu topônimo para Antônio Rebuças. Com território desmembrado do de São João do Triunfo, o Município foi criado pela Lei estadual n.° 2.738, de 31 de março de 1930, sendo instalado a 21 de setembro do mesmo ano. 
Por fôrça do Decreto n.° 93, de 18 de junho de 1936, foi elevado a têrmo de comarca, desmembrando-se de São João do Triunfo e passando a integrar a comarca de Irati. Por decreto estadual n.° 5.907, de 1.° de dezembro de 1937, o Município passou a comarca de 1.ª a entrância, perdendo mais tarde esta categoria, restaurada todavia pela Lei estadual de 14 de setembro de 1948. 
A denominação de Antônio Rebuças foi conservada até 1943, quando passou a chamar-se simplesmente Rebuças por já existir distrito homônimo. Foi sempre composto de um só distrito, o da sede.

Fonte: IBGE